Boas e más notícias.

Boas Notícias - Melros já não podem ser caçados.

O desespero de quem é governado actualmente, eu nunca o senti. Sou do Século passado, passei e vi passar muitas coisas agradáveis outra menos, mas fomos levando.
O que neste momento é exigido ao Povo, quer este termo esteja ou não na Constituição, é um grande esforço mensal. O IVA do Gás da Cidade e da Electricidade vai subir para 23 %, a partir de Setembro. Para além do resto que já foi «desviado» dos bolsos do Povo português, por uma classe política que não tem feito o trabalho de casa, que mais estará para nos acontecer. Poupar, é a minha divisa. Que fazer?
Haja uma notícia agradável, graças aos esforços de muitos, de uma petição de outros,e algum bom senso. O Sr. Daniel Campelo, novo secretário de Estado das Florestas e do Desenvolvimento Rural, mandou proferir um despacho que retira o melro da lista de espécies cinegéticas. A este senhor, eu quero dizer, em nome de todos os que apreciam este belíssima ave, parabéns pela tomada de posição.
Amanhã estamos a pensar ir até lá acima. Olhar e ficar em silêncio, é o que preciso. Estará mais fresco, dizem as previsões. Ainda bem. Serão 3 dias fora deste cidade que é a minha, mas que me cansa muito. Com sorte, olharei o melro, que voa baixo, da flora autóctone da ruína ao meu lado para o poço, em ruína, em frente. Seria um momento feliz apanhá-lo, num clic, e trazê-lo para Lisboa. Logo veremos.
Bom fim de semana e bom feriado.


1 comentário:

Joalex disse...

O meu aplauso para essa medida do governo!
Desejo que passe três bons dias de descanso. Os ares da serra e as paisagens são um óptimo remédio para o cansaço. Fico à espera dessa foto do melro.
Um abraço.
José Alexandre