Flying Elephants Productions by Gregory Colbert

Sente-se, clic e recoste-se. Depois comente, se souber que palavras usar.

5 comentários:

Adriano Filipe disse...

Bom dia Guidinha

É na realidade muito difícil encontrar um bom adjectivo,para um trabalho desta qualidade.
Digo simplesmente que a capacidade criadora do homem não tem limites.

Um bom fim de semana
Até logo

Tina disse...

beijinhos!

Anónimo disse...

Gregory Golbert - digo que estas imagens são tão belas, que não tenho palavras. A natureza é bela, mas aqui vi que este pequeno vídeo tem tanto de real como de abstracto, sobretudo a comunhão quase utópica entre o homem e alguns animais considerados selvagens. Mas são lindas imagens que demonstram a imaginação e capacidade do autor.
Beijos. Elvira.

Guidinha Pinto disse...

Adriano Filipe, Tina e Elvira, fico muito contente por terem gostado e terem comentado este vídeo realmente belo.
Muito obrigada.
Fiquem bem.

Anónimo disse...

Alô. Porque gostei deste vídeo, vi à pressa e fiquei a pensar nele, cliquei agora novamente e olhei melhor: é de salientar também a relação, neste caso utópica mesmo, do ser humano com animais imaginativos, como o caso do monstro/bicho-homem/lobishomem que acaricia uma jovem e a puxa, segurando-a pela mão. Fantástico! E que dizer das pessoas que se vêem
mergulhadas no mar sem bilhas de oxigénio?!! Seremos peixinhos? Bem, em todo este filminho, um pouco irreal mas belo, podemos ver uma harmonia perfeita entre o homem e a natureza. Assim pudesse ser um pouquito, que o homem a poupasse mais ao invés de destrui-la. Cinzas e neve, eu ontem não reparei, parece-me um título adequado a este filme, por ser um pouco fantasioso: também a cinza e a neve não se misturam, penso eu, pois aonde existe neve não é possível ser gerado fogo. Mas é uma interpretação muito subjectiva. Não conhecia o autor, ou não me lembrava de ter ouvido falar, mas pesquisei no Google e agora já sei quem é. Desta forma, e contigo, vou aprendendo algumas coisas. Obrigada.
Beijo. Elvira.