Hora da noltalgia

Ainda volto ao tema do dia de hoje. Não, não é à face oculta, nem quantas estudantes foram mortas este ano pelos namorados, nem ao ministro das finanças que diz que os portugueses ainda não perderam nada com a a ajuda ao bcp, nem ao presidente que está confiante com a recuperação económica, nem os namorados separados pelo euromilhões em tribunal ... que rol. Não.
Lembrei-me de ir buscar qualquer coisa boa, que eu recordasse de quando eu fui criança. Eu fui criança. Brinquei. Tive sorte. É essencial para a criança brincar.
Aqui em Lisboa, Portugal, anos 60, dentro do período das brincadeiras estava ver televisão. Havia horas para isso. Sentada esperava, como no cinema, o início dos desenhos animados. Este som que encontrei no «escutaisso» é o de um malandro de um pica-pau preto e branco, que preencheu alguns momentos de algumas tardes da minha infância.


Gostou? Então clica aqui e escuta mais!

Mais alguém se lembra?

2 comentários:

Guida disse...

É o pica pau, era giro, também me lembro.
bjkas
guida

Anónimo disse...

Euuuuuuuu!