A minha marca preferida de chocolates? Não!!!

CADBURY, a minha marca de chocolates preferida - Notícias:
1 - Melamina terá sido adicionada ao leite, na China, para mascarar adição de água. A melamina é um composto azotado, assim como as proteínas, e terá sido adicionado deliberadamente ao leite como forma de mascarar a sua adulteração por adição de água. Deste modo, e porque os métodos de controlo da qualidade do leite quantificam o azoto para determinar o nível de proteínas do leite, estas permaneceriam aparentemente elevadas, atribuindo maior valor ao produto.
In: Rosário Monteiro, Investigadora e professora de Toxicologia Alimentar na Faculdade de Medicina e na Faculdade de Ciências da Nutrição e Alimentação da Universidade do Porto, em Ciência Hoje, 2008-09-26
2 - A multinacional Cadbury Portugal esclareceu, esta terça-feira, em comunicado, que no mercado português não foram distribuídos produtos provenientes da China e que os ingredientes lácteos chineses não foram utilizados no fabrico dos produtos distribuídos em Portugal.
A multinacional esclareceu ainda que os produtos Cadbury produzidos na China são exportados apenas para os mercados de Taiwan, Hong-Kong e Austrália e não são distribuídos em nenhum outro país. In: TVI
Ah! Assim estou muito mais tranquila. A distribuição é lá para baixo, no outro lado do mundo. Mas onde serão REALMENTE fabricados os que eu compro e degusto aqui em Portugal?

Na China, os homens e mulheres são escravos do capital, trabalham mais de 12 horas por dia de 2ª a 2ª ... sem férias. É um país com uma economia em franco desenvolvimento. Os patrões devem adorar ser patrões neste País. A economia floresce, os políticos estão satisfeitos e os patrões engordam. Pois. Mas não lhes chega. Têm de fazer batota. A que custo?

Lembro-me quando era pequenita e ficava em casa dos primos da Calçada de Sant'Ana, em Lisboa, o leite chegava-nos à mesa vendido por pessoas com cântaros e medidas, porta a porta. Não havia por ali postos da UCAL. Batiam à porta de manhã cedo e a minha prima Elvira abria. Cumprimentavam-se e de fervedor na mão, segurava-o pela asa, enquanto a leiteira media o leite e o despejava para dentro. De vez em quando, ouvia falar que a leiteira tal tinha sido presa porque urinara para dentro do cântaro para aumentar o volume do líquido. Não era VENENO era só falta de higiene. Diziam também que só com análises se descobria o feito. E naquele tempo, análises ... Isto no século passado, há mais de 50 anos. Isto, no tempo das vacas magras. Isto no tempo do fascismo (sou mesmo velhota).

Só uma analogia. Mais nada.

2 comentários:

Pink disse...

Ainda bem q não sou apreciadora de chocolate, e não gosto desses.
Sorte...
Agora justificarem q nao vendem n europa, mas que os asiáticos os consomem...
Estão a fazer o quê? Controle da população?
Boa semana.
Até!

filomeno2006 disse...

En Galicia(España) hubo "leiteiras" hasta los años 80 del siglo pasado