Ao colo da Vódrinha



Este é o Rodrigo, filho da afilhada-Sofia. Não fui profícua, portanto não serei avó. Mas Vódrinha... parece que pegou. 
Visitou-me com os Pais, a mostrar-se o vaidoso, que a irmã estava na escola. Um fofo com mais de seis quilos que me pôs em palpos de aranha para poder ter ao colo. Só com dois meses, parece ser de chumbo, o rapaz. Ingere bem, faz a digestão e muda-se a fralda. Adormece a ser bem abanado, acorda, e tudo recomeça. 
De três em três horas lá vem o chorinho. Máquinas de crescer, é o que são. Mas não só. Já  oferece um sorriso, um esgar, um qualquer sinal a querer comunicar connosco, um girar de cabeça a olhar os objetos. E tão novinho!
Pois esta Vódrinha tem muito orgulho neste menino. 
Espero poder cá estar para ir ao casamento dele, nem que seja de bengala.
Saúde e Sorte bebé Rodrigo. Tal como o outro, tens nome de doce e és um doce.


2 comentários:

Tina disse...

Muito fofinho!
Um xi-coração.

ANTÓNIO SANTOS (TOMANEL) disse...

Para a Senhora avozinha e para o Senhor avô, os meus parabéns e faço votos que quando o netinho se casar, possam comer um doce por mim.
António Santos (Tomanel)
www.umraiodeluzefezseluz.blogspot.com