Ser chique

Não dou muito do meu tempo a ler estas coisas de Moda. Eu aprendi a adaptar a Moda ao meu estilo e não o contrário.
Escrevo isto, porque chegou aos meus olhos este artigo e gostei da prosa. Da autoria de Glória Kalil, brasileira, Consultora de Moda. Apesar de eu gostar de gargalhar.

«Nunca o termo "chique" foi tão usado para qualificar pessoas, como nos dias de hoje.
A verdade é que ninguém é chique por decreto. E algumas boas coisas da vida, infelizmente, não estão à venda. Elegância é uma delas.
Assim, para ser chique é preciso muito mais que um guarda-roupa ou closet recheado de grifes famosas e importadas. Muito mais que um belo carro Italiano.
O que faz uma pessoa chique, não é o que essa pessoa tem, mas a forma como ela se comporta perante a vida.
Chique mesmo é quem fala baixo. Quem não procura chamar atenção com suas risadas muito altas, nem por seus imensos decotes e nem precisa contar vantagens, mesmo quando estas são verdadeiras.
Chique é atrair, mesmo sem querer, todos os olhares, porque se tem brilho próprio.
Chique mesmo é ser discreto, não fazer perguntas ou insinuações inoportunas, nem procurar saber o que não é da sua conta.
Chique mesmo é parar na faixa e dar passagem ao pedestre e evitar se deixar levar pela mania nacional de jogar lixo na rua.
Chique mesmo é dar bom dia ao porteiro do seu prédio e às pessoas que estão no elevador. É lembrar do aniversário dos amigos.
Chique mesmo é não se exceder jamais! Nem na bebida, nem na comida, nem na maneira de se vestir.
Chique mesmo é olhar nos olhos do seu interlocutor. É "desligar o radar" quando estiverem sentados à mesa do restaurante, e prestar verdadeira atenção a sua companhia.
Chique mesmo é honrar a sua palavra, ser grato a quem o ajuda, correto com quem você se relaciona e honesto nos seus negócios.
Chique mesmo é não fazer a menor questão de aparecer, ainda que você seja o homenageado da noite!

Mas para ser chique, chique mesmo, você tem, antes de tudo, de se lembrar sempre de o quão breve é a vida e de que, ao final e ao cabo, vamos todos retornar ao mesmo lugar, na mesma forma de energia.
Portanto, não gaste sua energia com o que não tem valor, não desperdice as pessoas interessantes com quem se encontrar e não aceite, em hipótese alguma, fazer qualquer coisa que não te faça bem.»

5 comentários:

Joalex disse...

Concordo que para se ser chique é necessário algo mais do que um bom guarda-roupa. Chique, para mim é, sobretudo, possuir beleza interior e fazê-la transparecer.
Não posso deixar de lhe agradecer a extraordinária participação no meu post "O regresso às origens". Se me é permitido o termo, tenho de afirmar que foi um comentário muito chique, daqueles que nos dão ânimo e vontade de escrever sempre mais. A interacção com os leitores é o que de melhor têm os blogues, como certamente concorda, mas comentários como aquele, são especiais. Nota-se que a Guidinha tem uma força interior muito grande e só espero que todos os seus sonhos se concretizem.
Estou também muito contente por gostar da Serra da Lousã, que é muito bonita e na qual eu percorro muitos quilómetros, praticando o meu desporto favorito, o ciclismo.
Mais uma vez, obrigado!
José Alexandre

Guidinha Pinto disse...

Comentário como o que deixou aqui é mais que chique. É elegante.
Eu é que agradeço!
Até à próxima.

paxiano disse...

Na verdade, a mulher é muito mais do que o seu aspecto exterior. Acima de tudo é um ser humano que vale pela postura, pela sensibilidade e acima de tudo pela pela sua humanidade que é a sua grande capacidade de amar.
Isso sim, é muito mais importante do que ser chique. De qualquer modo é uma boa maneira de colocar as diferenças em evidência. paxiano

Elvira disse...

Alô. Concordo em tudo com este artigo. Em boa hora o postaste. Ser chique é, evidentemente, muito mais do que posssuir um guarda-roupa na moda. Eu também adapto a moda à "minha moda". Ser chique implica a nossa beleza interior. E é tudo. Beijinhos.

Guidinha Pinto disse...

Paxiano, muito agradecida pelo comentário deixado.
Saudações cordiais.

Elvira, é sempre agradável a tua visita. Fica bem.
Beijo