Filmado com o telélé. Em casa.

video

A Ponta do Cabo, de Fausto. Por onde andará informação deste nosso Poeta, autor magnífico dos nossos cenários históricos, postos a cantar, do tempo das descobertas, da nossa história trágico-marítima?

Não consegui a letra desta magnífica apresentação, hino, sei lá o que lhe chamar. E não conheço os versos. Só sei que arrepia ouvir só de imaginar o Cabo, lá em baixo, com águas geladas e Adamastor. Penso eu de que. Magnífico.

Sem comentários: