Momentos (IX)

De passagem em Foz de Arouce, não pude deixar de clicar o rio e as casas senhoriais. A Casa do Conde de Foz de Arouce, que foi edificada no séc. XVII e de estilo tardo-barroco. Tem um portal ao centro com sobreverga muito elevada ostentando o brasão com grande frontaria de aparato, possui dois renques de janelas de cada lado do portal, sendo as do andar nobre de tipo neo-clássico e as do piso térreo simplesmente rectangulares. Do lado esquerdo abre-se um amplo portão vendo-se a torre da capela privativa.

Sobre a Ponte de Foz de Arouce passámos, com Arouce a correr por baixo. Uma das mais antigas da região centro, datando da época final da Idade Média, apresenta o tabuleiro em cavalete e os seus fortes pegões são dotados de robustos quebra-mares, sofreu ainda algumas alterações ao longo dos tempos. Ainda não a fotografei. Quando se vai de passagem, não há lugar para estacionar. Só lá indo, de propósito.

6 comentários:

Tina disse...

e que momentos bons!
Beijinhos e bom fim de semana!

Guidinha Pinto disse...

Obrigada Tina.
Beijo.

Anónimo disse...

Minha menina, olhe as realidades geográficas! Aquele rio que passa por baixo da ponte de Foz-de-Arouce não se chama Arouce coisa nenhuma! Chama-se Ceira e é o mesmo que vem do Colmeal, Cabreira, passa em Góis e na Várzea... Pois! É mesmo o nosso rio!...

Guidinha Pinto disse...

Senhor Anónimo, pela sua sintaxe penso que já o ter avisado por escrito que não voltaria a deixar publicá-lo. Parece um velho professor da velha escola Primária, com o dedo esticado a apontar erros. Porque só e apenas escreve um comentário para me chamar a atenção pelas gafes que publico?! É pena! Não me entretenho por aqui com pretenções a professora de geografia. Mas como eu sou uma "menina" consciente dos meus erros, publico-o. Só mais esta vez :)
Fique bem.

Guidinha Pinto disse...

E mais ainda, senhor Anónino: em informação colhida ne Net e não in loco, obtive isto: "O Arouce é um rio português que nasce na Serra da Lousã. No seu percurso, passa pela Lousã e vai desaguar na margem esquerda do Ceira, em Foz de Arouce."
Se gosta de corrigir erros, em geral, vá até aqui: http://pt.wikipedia.org/wiki/Rio_Arouce e vai ter muito que emendar.
Mais uma vez, fique bem.

Joalex disse...

De facto o Rio Arouce desagua no Ceira em Foz de Arouce e daí o nome da povoação. No entanto creio que a ponte a que se refere é a ponte sobre o Rio Ceira e na margem esquerda, junto à ponte, está um Obelisco comemorativo do Combate que ali ocorreu durante a terceira invasão francesa. Por curiosidade estive lá há poucos dias a tirar fotografias, mas também passo por ali muitas vezes.
Um bom domingo.
José Alexandre