O Arco da Rua Augusta terá elevador e o relógio será visitável ... para quando?

Projecto do Arquitecto Veríssimo da Costa, o Arco da Rua Augusta é o único monumento do género em toda a cidade de Lisboa. Ostenta numa face as armas reais, no reverso um grande relógio e termina com o grupo da Glória coroando o Génio e o Valor, aos seus pés, esculturas do francês A. Calmels e do seu discípulo Leandro Braga.
Após alguma polémica, foram escolhidas algumas personagens da História Nacional para figurar no Arco: Viriato, Vasco da Gama, Nuno Álvares Pereira e Marquês de Pombal, ladeadas pelas alegorias dos rios Tejo e Douro, esculpidas por Vítor Bastos.

O Arco foi, finalmente, inaugurado em 1873, tendo inscrita a legenda latina "Virtutibus maiorum ut sit omnibus documento. P(ecunia). P(ublica). D(icatum)" Às Virtudes dos Maiores, para que sirva a todos de ensinamento. Dedicado a expensas públicas."

A Praça do Município, como está assinalado neste trabalho de azulejaria.

Outra Igreja, que procurarei saber o nome.
E a seguir foi o 58, de volta a casa.

2 comentários:

Guida disse...

Que bela viagem, documentada a preceito com fotos e textos dignos de uma exposição, adoro fotos, parabéns estão todas muito lindas e boas apesar de ser com o telelé
bjs
Guida

Guidinha Pinto disse...

Obrigada Guida, pelo comentário.
Beijo